Pasta térmica: Como escolher a melhor em 2021?

Escolher a melhor pasta térmica pode parecer simples, mas uma variedade estonteante de opções pode transformar essa escolha aparentemente fácil em uma tarefa demorada. A pasta térmica foi desenvolvida para minimizar os espaços de ar microscópicos e as irregularidades entre a superfície do cooler e o IHS (dispersor de calor integrado) da CPU, o pedaço de metal que fica embutido na parte superior do processador.

Uma boa pasta térmica pode ter um impacto profundo no seu desempenho, pois permitirá que o processador transfira mais calor residual para o cooler, mantendo o processador funcionando refrigerado. Escolher a melhor pasta térmica também é importante se você planeja fazer o overclock do seu equipamento ao máximo. Mesmo as melhores CPUs para jogos podem atingir overclocks de CPU um pouco mais altos se forem combinadas com uma boa pasta térmica. 

Os entusiastas do desempenho costumam jurar por uma marca favorita de pasta, mas novas receitas surgem de tempos em tempos. 

A pasta térmica pode ter vários nomes, como “composto térmico”, “graxa térmica” ou “TIM” (Thermal Interface Material). A maioria das pastas é composta de materiais cerâmicos ou metálicos suspensos dentro de um aglutinante proprietário que permite fácil aplicação e espalhamento, bem como limpeza simples. 

Essas pastas térmicas podem ser eletricamente condutoras ou não condutoras, dependendo de sua fórmula específica. As pastas térmicas eletricamente condutoras podem transportar corrente entre dois pontos, o que significa que, se a pasta se espremer em outros componentes, pode causar danos às placas-mãe e CPUs quando você liga a energia. Uma única queda fora do lugar pode levar a um PC morto, portanto, cuidado extra é imperativo. 

Os compostos de metal líquido são quase sempre eletricamente condutores, portanto, embora esses compostos ofereçam melhor desempenho do que seus equivalentes em pasta, eles exigem mais foco e atenção durante a aplicação. Eles são muito difíceis de remover se você colocar alguns no lugar errado, o que fritaria seu sistema.

Em contraste, os compostos tradicionais de pasta térmica são relativamente simples para todos os níveis de experiência. A maioria, mas não todas, as pastas tradicionais são eletricamente não condutoras.

Embora haja uma variedade estonteante de diferentes pastas térmicas disponíveis – algumas misturas existem há mais de uma década – novas formulações ainda chegam ao mercado em um ritmo surpreendente. Na verdade, a antiga fabricante de coolers para PC NZXT acaba de entrar no mercado com sua primeira pasta, a não muito empolgante pasta térmica de alto desempenho NZXT. 

Aqui estão as melhores pastas térmicas, juntamente com nossos resultados de testes completos. Lembre-se de que você nem sempre recebe o que paga, pois algumas pastas de orçamento chegam muito perto ou ultrapassam seus concorrentes mais caros.

O que torna uma pasta térmica boa?

Mitos e verdades sobre pasta térmica para processador e placa de vídeo -  Avell

Você está procurando a melhor pasta térmica para CPU do mercado? Primeiro você precisa saber o que torna uma pasta térmica adequada para uso. Aqui está como você pode fazer isso:

Condutividade de calor

A condutividade térmica de um gel térmico depende do que ele contém. Metais líquidos e pastas térmicas à base de metal ganham quando se trata de condutividade térmica. No entanto, esses dois materiais de interface têm o potencial de danificar a CPU.

As pastas térmicas à base de silício seguem os metais líquidos e as pastas térmicas à base de metal. Essas pastas não são prejudiciais às CPUs e, portanto, uma excelente opção de uso. 

As pastas térmicas à base de carbono e cerâmica vêm depois das pastas térmicas à base de silício e de metal. 

Leia também o nosso artigo: O que é CMS

Fácil aplicação

Você não quer uma pasta térmica que vaze para o ambiente e bloqueie os pinos para causar um curto-circuito, certo? Pastas térmicas com densidades consistentes são fáceis de aplicar. Recomendamos a compra de pasta térmica com densidade entre 3 g/cm³ a ​​4 g/cm³. 

Condutividade não elétrica

Sem dúvida, as pastas térmicas eletricamente condutoras são excelentes na transferência de calor porque contêm metais que conduzem muito bem o calor, mas podem causar curtos-circuitos na CPU se vazarem. Recomendamos o uso de pasta térmica à base de metal ou metal líquido somente se você for um especialista na aplicação de pastas térmicas. Caso contrário, use pastas térmicas condutoras não elétricas.

Leia também: O que é RPA

Longevidade

Dica do Dia: Como aplicar pasta térmica correctamente

Longevidade refere-se a quanto tempo a pasta térmica não seca dentro da CPU. As pastas térmicas de baixa qualidade precisam ser trocadas a cada seis meses a um ano. Os pesquisadores estão desenvolvendo uma nova pasta térmica com tecnologia mais avançada que funciona bem dentro da CPU por 4-5 anos.

Antes de comprar uma pasta térmica, é fundamental saber quanto tempo ela vai durar dentro do processador e por quanto tempo você pode armazená-la quando aberta. Isso irá ajudá-lo a entender o que você está pagando.

Ponto de preço

Quando o mercado de pastas térmicas estava saturado, os preços das pastas térmicas eram altos. Quando há muitas graxas térmicas no mercado, encontrar uma de baixo custo, mas com as mesmas qualidades, não é mais difícil. 

Entendemos que a pasta térmica é um bom investimento, mas por que pagar caro quando você pode obter todas essas vantagens a um preço baixo?

Leia também: O que é Franchising? Descubra tudo do sistema por trás das redes de sucesso

Ampla temperatura de operação

A melhor graxa térmica para CPU é aquela com uma ampla temperatura de operação que pode funcionar com muitas CPUs. Quanto maior a temperatura de operação, mais compatível é a pasta térmica.

Como escolher uma pasta térmica?

Mitos e verdades sobre pasta térmica para processador e placa de vídeo -  Avell

Ao escolher uma pasta térmica, aqui está o que você precisa ver e saber:

  • Se você está comprando para um PC comum ou um sistema que precisa carregar aplicativos pesados, como jogos. 
  • Verifique sua temperatura de operação para ver se funcionará dentro da temperatura do seu sistema ou não. 
  • Verifique seu orçamento e veja qual é a melhor opção dentro dessa faixa de preço. 
  • Examine sua densidade porque quanto melhor a densidade, mais rapidamente você pode aplicar.
  • Verifique se vem com ferramentas de limpeza e aplicação. Este kit provará ser benéfico ao trocar a pasta térmica. 

Conclusão – A melhor pasta térmica para usar em 2021

Bom, agora que você notou os principais pontos que classifica uma pasta térmica, é ideal que você então saiba escolher a partir desses pontos. Além disso, leve em consideração a melhor pasta térmica a sua extrema condutividade térmica, boa densidade, que não permite vazamentos, e a condutividade não elétrica também o torna seguro para iniciantes.

Com uma ampla faixa de temperaturas operacionais, é fundamental que escolha a que funciona melhor para quase todos os sistemas. Além disso, vem com aplicador e espátula grátis oferecendo a você toda extrema comodidade a um preço super acessível. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima